Cotidiano

Manda Nudes? A vida depois do OnlyFans!

30/07/2020
Conteúdo produzido por Rafael Mota

Em tempos de pandemia, a resposta pode vir com outra pergunta, e com um valor embutido nela. Está disposto a pagar quanto por ele? Ou seja, enviar e receber “nudes” atingiu outro patamar e agora rende dinheiro.  
 

Criado na Inglaterra para vender coisas e serviços, com conteúdos exclusivos on demond, o site OnlyFans viu o número de usuários aumentar, e atualmente já são mais de 12 milhões registrados, sendo que boa parte deles viram um potencial para a venda de material com cunho sexual. 

Com a reputação de ser a rede social para o sexting, no Brasil há 5 mil perfis de "criadores de conteúdo" ativos, e a busca na internet por "OnlyFans" dobrou do meio de março até agora, quando começou o período de isolamento social.  

Se em outras redes sociais, a exemplo do Instagram, toda nudez é castigada, no OnlyFans, não só é permitida sua publicação, como também é autorizado que o usuário cobre por ela, por meio de assinatura mensal ou avulsa, para que outras pessoas acessem seu material.  

Na música ‘Savage’, Beyoncé com Megan Thee Stalion, cantam: "na hora da maldade é capaz de ela criar uma conta no OnlyFans". Em outras redes sociais, o site também virou assunto pop e é cada vez mais comum ver no Twitter piadas e links que direcionam para o ele. 

Mas quem são as pessoas que tiram a roupa no OnlyFans? Grande parte dos usuários são homens, que estipulam preços entre US$ 5 e US$ 25 dólares mensais pela assinatura, cerca de R$ 20 a R$ 100 reais. As mulheres, mesmo em menor número, cobram mais caro: os fãs devem desembolsar até U$40 dólares, pouco mais de R$ 160 reais, para receber nudes femininos. 

Os valores mudam de acordo com a popularidade da pessoa em questão. Estrelas da indústria pornográfica, por exemplo, conseguem levar muitos fãs para a plataforma, mas vale ressaltar que a plataforma fica com 20% do valor. 

E aí arrisca enviar e comprar nudes?

post
Warning (4096): Object of class AdminLTE\View\AdminLTEView could not be converted to string [APP/Template/Daily/daily_single.ctp, line 135]